SOBRE O BLOG

Miscelânea intuitiva de gostos, sonhos, desejos, angústias, paixões e destemperamentos, e,porque não, de ódios, raivas e estresses... Miscelânea é assim: TEM DE TUDO!

Meu Diário de Bordo da solidão, meu painel de idéias e guia de entendimento, tudo misturado com humor, drama, terror, anti-corintianismo, sentimentos e doses homeopáticas de papo sério.

Chega junto, arruma um banquinho, senta aí e vem comigo!

Páginas

sexta-feira, 9 de abril de 2010

O CASAL "PERFEITO"...




BASEADO EM FATOS REAIS.

A festa estava maravilhosa.
Os convidados desfilavam suas roupas lindas e caras algumas mais caras do que lindas, pelo salão lotado. A orquestra tocava de tudo, desde Beatles a John Travolta e Olívia Newton John. De Tiririca à Jane Dubock. Bee Gees, Elvis, Jerry Lee Lewis... Até o maldito REBOLATION...
O bufê era refinado, como qualquer festa que se preze deve ser, afinal, não era todos os dias que alguém da família se casava. 

-Tem até salmão, lagosta e caviar... - diziam os mais espantados com aquela riqueza. 
-Caviar? Você sabe o que é caviar? 
-Nunca vi, nem comi, eu só ouço falar... 

Champanhes, refrigerantes e água, ponche e uísques importados, canapés de todos os tipos e sabores. Os convidados ouviam o anfitrião dizendo, em alto e bom som: 

-Para o casamento de minha filha, gastaria até o dobro... Ela merece tudo do bom e do melhor... 

Num canto qualquer da linda festa, algumas pessoas conversavam, formando um grupo paralelo aos demais. Todos jovens, vinte e poucos anos, alguns sonhando em ser o dono do buquê da noiva, quando ela o jogasse. Desse grupo, destacam-se duas pessoas, que conversavam animadamente: 

-Então... Faz tempo que a gente não se vê, né? 
-Nossa, faz tempo mesmo... Mais de dois anos, não é? 
-Disso para cima... E você está muito bem, diga-se de passagem... 
-Que isso... Você que enxerga mal... Continuo igual sempre. Mas você também está radiante... Os seus olhos estão até brilhando... Aconteceu alguma coisa? 
-Não sei, mas... É que estou amando... 
-...O quê? 
-Não sei se deveria lhe falar isso, afinal, nós fomos namorados, né?! Que papo mais chato... 
-Olha, eu só quero que você seja feliz... Me conta... Pode confiar em mim: você estando feliz, nem ligo! 
-Ah, estou muito feliz. Estou amando de verdade... Temos tudo em comum, nos damos muito bem... EM TUDO! Na cama, na vida, no trabalho... Na cama, então, nem te conto... Nossas famílias se dão bem, enfim, mais perfeito, impossível... 
-Nossa, fico feliz por você... E onde conheceu essa pessoa tão perfeita? 
-No trabalho... Trabalhamos juntos, no mesmo escritório... 
-Nossa, que bom que esteja tão bem assim... E onde está essa pessoa tão perfeita? Não veio? 
-Claro que veio... Vem aqui, que eu te apresento... 

Os dois atravessam de mãos dadas o grande salão, onde um grupo de jovens se esgoelava, cantando: 

“It’s a Raining Man... 
Aleluia... It’s a Raining Man...” 

-Acho que está ali na mesa... Deixa ver... Olha lá... 
-Onde? 
-Ali, não está vendo, de preto? 
-Não... Onde está ela? 

-Ela não, ELE! Vem... Marcelão, essa é a Roberta, uma grande amiga minha de outros tempos... Roberta, esse é Marcelão, o meu namorado...
-Prazer, Roberta... O Fábio fala muito em você...
-Hã... Fala, é?
-Fala bastante... Eu morria de curiosidade em conhecê-la...
-Hã... É? Hã... Eu e o... hã... Fabinho ficamos meio... afastados... Hã... Uns dois anos... Ai, ai... Eu já disse que... hã... vocês formam um lindo casal?
-Ai, obrigada, Roberta... Eu sabia que você iria entender. Não falei que ela era demais, Marcelão?
-E você, Roberta... Namora, é casada, enrolada?
-Eu? Eu... Eu? Eu... namoro... um homem, um homem... hã, namoro normal, sabe? Homem, mulher, essas coisas...
-Sei... e está feliz?
-Eu? Ah, eu e meu namorado... meu namorado homem... é, estou feliz... ai, ai, acho que vou beber uma água... Não... Vou tomar uma cerveja... Quer saber, acho que vou tomar um uísque duplo sem gelo... Vocês querem?
-Não, Roberta...
-Eu aceito... Mamá, eu vou ali, com a Roberta, buscar um uísque e já volto, tá, meu gato?
-Ok, meu lindo... Te amo...
-Também te amo, meu garanhão... Vamos Robertinha...
-Hã... a... é... ah, o uísque, né? É, vamos beber... 
E foram os dois, andando, lado a lado, entrando mais uma vez na turba, que cantava, com passinhos e coreografia:

-Y, M, C, A... Y, M, C, A... 

-Roberta, posso te contar uma coisa?
-Ai, ai... Lá vem... Claro que pode, Fábio... O que foi?
-Sabe que eu sempre te invejei... Olhava você com aqueles homens lindos ao seu lado, e sempre sentia uma coisa, mas não sabia se era por você ou por eles...
-É? Que legal ouvir isso...
-Daí começamos a namorar, eu via você em casa, se maquiando, se arrumando, se vestindo, com suas lingeries, sua forma de vestir...
-...
-Graças a você, sou outro homem...
-Você não imagina o quanto isso... me deixa... hum... sem palavras... nem tenho palavras para descrever o que sinto...
-E posso falar outra coisa?
-...Ai, meu Deus... Pode, fala...
-Agora que eu entendo do babado, no fundo, descobri que você devia tentar uma menina... É mais o seu estilo...
-...
-Verdade... Você aí, tão fortona... Tão decidida... Não sei como nunca pensou nisso...
-...
-Deve ter assim de mulher querendo você, e você nem per...
-Fabinho?
-Sim?-Vamos beber um pouco... Chega de conversar, ok?! 
Enquanto isso, no fundo, todos dançavam, alegremente:
Hey, hey, hey, hey, hey... Macho, macho man. I gotta be a macho man. Macho, macho man. I gotta be a macho...
-Fabinho?
-Quê, minha querida?
-Dá pra parar de rebolar?
-Ops, desculpa... É que eu adoro essa música...
-É, EU IMAGINEI!

6 comentários:

Kelly disse...

POR ESSAS E OUTRAS QUE TEM TANTA MULHER SOZINHA NO MUNDO...

Como vc diz, esses caras vão dominar o mundo!

LUTEMOS CONTRA!

Beijos

Michele P. disse...

Impossível não rir! kkkkkkk

Celso, você está cada dia pior... (no bom sentido!rsrs).

Beijos

ROBERTA (A PRÓPRIA) disse...

E NÃO É QUE VOCÊ PUBLICOU MESMO, SEU CACHORRO, CANALHA, ORDINÁRIO, SEM VERGONHA E CAFAJESTE!

A-DO-REI!

Deu vontade de mostrar pro "FABINHO", mas sei lá, o "MAMÁ" é muito ciumento...rsrsrs

BEIJOCAS, SEU SUJO! NÃO TE CONTO MAIS NADA! (conto sim, é bom virar heróína de vez em quando...rs)

Flávia disse...

Menino, que susto!
Achei que tinha acontecido com vc...


Bjs

LOGAN disse...

JESUS (o original!), MARIA E JOSÉ!

Sai pra lá, FLÁVIA!!!


Beijos

Flávia disse...

Calma, não pensei que vc mudou de time!!!!
Vai que uma ex sua resolveu provar de outra fruta?
Em meus tempos de UNESP, tinha muito isso.
Nunca tentei e nem pretendo...estou muito bem assim.

Bjs