SOBRE O BLOG

Miscelânea intuitiva de gostos, sonhos, desejos, angústias, paixões e destemperamentos, e,porque não, de ódios, raivas e estresses... Miscelânea é assim: TEM DE TUDO!

Meu Diário de Bordo da solidão, meu painel de idéias e guia de entendimento, tudo misturado com humor, drama, terror, anti-corintianismo, sentimentos e doses homeopáticas de papo sério.

Chega junto, arruma um banquinho, senta aí e vem comigo!

Páginas

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Balanço Geral

E eis que o ano finda, um novo começa, as festas acabam e é hora de
fazer um balanço geral desse longo 2009.
Claro que os chatos de plantão - os chatos sempre estão de plantão! -
podem alegar que bebi, errei feio, estou gagá, coroco, pois as festas
AINDA não acabaram e o ano ainda tem mais 3 dias de duração...
Aos chatos, meu desprezo e duas linhas de silêncio pra vocês:

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


(só pra constar, gastei mais tempo nessas duas linhas que no texto
todo, mas os chatos merecem meu profundo silêncio...)

Tornando ao texto e à minha análise freudiana do ano que finda, vamos
aos fatos, pois contra eles, não há argumentos:

*foi o ano em que mais trabalhei e, também, o que mais vagabundeie em
minha vida;

*foi o ano em que mais conheci pessoas novas desde o prézinho;

*foi o ano em que menos li romances (foram, no máximo, uns 10, contra
uns 70 do outro ano!) e o que mais li livros técnicos na vida;

*foi o ano em que mais contratei pessoas (umas 100) e que mais demiti
pessoas (umas 30);
*foi o ano em que mais viajei e mais cidades conheci;

*foi o ano em que menos saí, menos dancei, menos assisti shows e menos
me diverti na vida;

*e, por último, foi o ano mais difícil de todos, com temporadas de
bonança e comodidades...

2009 entra pra minha história como o ano em que finquei minhas
bandeiras profissionais definitivamente, me descobri como
administrador, descobri meus talentos e meus defeitos e,
definitivamente, iniciei minha trajetória rumo ao desconhecido...
Claro que teve mais coisas, teve brigas, teve o fim definitivo de
minha família, teve estudos, dps, vontades de pular da ponte e
alegrias, mas tudo isso passa, há de passar, e o ano novo chegará
cheio de surpresas de novo, algumas boas, outras péssimas, algumas
ilutáveis, outras que exigem confronto, e dia após dia caminho mais e
mais rumo àquilo que, quando criança, chamavam de "futuro"...
Que chegue logo o fulano!
--
Enviado do meu celular

Um comentário:

disse...

Olá, que seu ano de 2010, então seja mais cheio de vitórias e muita paz!!!! Um abraço, Malu...