SOBRE O BLOG

Miscelânea intuitiva de gostos, sonhos, desejos, angústias, paixões e destemperamentos, e,porque não, de ódios, raivas e estresses... Miscelânea é assim: TEM DE TUDO!

Meu Diário de Bordo da solidão, meu painel de idéias e guia de entendimento, tudo misturado com humor, drama, terror, anti-corintianismo, sentimentos e doses homeopáticas de papo sério.

Chega junto, arruma um banquinho, senta aí e vem comigo!

Páginas

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Bucha de canhão

Daqui a poucas horas, começo o trabalho mais difícil, complicado,
desgraçado, trabalhoso e espinhoso da minha vida, no qual - que
corajoso sou! - apostei toda minha qualidade profissional...
Quase sempre é assim, ganho a vida matando leões, dois por dia, mas
dessa vez o monstro é um dinossauro enorme, com seus dentes afiados e
faminto por sangue e carne... E dá medo só pelo bafo que exala da boca
enorme...
Adoro desafios, sou instigado por eles e, quanto maiores, maior meu
sucesso, por isso vou em frente, espada em punho, capa e escudo, matar
meu dinossauro bafudo.
Meu trabalho dessa vez? Mudar um laboratório deficitário, em pleno
funcionamento, com poucos recursos, quase na antevéspera de Natal, com
30 funcionários novos, e instalá-lo em outro local, sem prévia
arrumação, sem planejamento, adaptado ao cubo, sem perder nem um dia
de produção, tendo somente hoje e amanhã para fazê-lo, e colocá-lo em
pleno funcionamento de novo até quarta-feira... A mudança inclui toda
parte hidráulica, ares-condicionados, material vivo, e uma cozinha
industrial que funciona a todo vapor...
Confio em meu taco, sempre confiei e não será agora que vou deixar de
confiar, mas devo dizer que dessa vez deu frio na barriga...
Enfim, minha realidade é essa e, se eu conseguir fazer tudo isso, vou
me sentir um Napoleão na campanha da França...
Que meus ventos tentem mais a favor e não me apareça nenhum Grouchi em
meu caminho... Depois conto como foi...
--
Enviado do meu celular

Um comentário:

Michele P. disse...

Olá... Encontrei seu blog ao acaso e confesso: depois de ler o primeiro texto fui "abduzida" e não consegui mais parar... Talvez pela autenticidade,talvez pelo tom sarcástico ou pela sinceridade com que escreve.Não sei.O certo é que virei sua seguidora. Gostei do que li e identifiquei-me com seus escritos. Fiquei curiosa para saber o final desta sua última missão. Vê se posta logo! rsrs
Bueno,aproveito e convido-o para visitar o meu cantinho. Não se compara aos seus textos, mas sempre existe algo que se aproveite!

http://profmieseusdesvaneios.blogspot.com/