SOBRE O BLOG

Miscelânea intuitiva de gostos, sonhos, desejos, angústias, paixões e destemperamentos, e,porque não, de ódios, raivas e estresses... Miscelânea é assim: TEM DE TUDO!

Meu Diário de Bordo da solidão, meu painel de idéias e guia de entendimento, tudo misturado com humor, drama, terror, anti-corintianismo, sentimentos e doses homeopáticas de papo sério.

Chega junto, arruma um banquinho, senta aí e vem comigo!

Páginas

terça-feira, 7 de novembro de 2006

O JULGAMENTO DE SADAN...

Foi com grande pesar que fiquei sabendo da condenação de Sadan Hussein. Condenado à morte por enforcamento!
Antes que as más línguas, que existem por todos os lugares, digam que sou fã dele, explico-me: perderei um personagem importante em minhas histórias! Não se fazem mais ditadores como o Sadan e isso é muito triste. O Kadafi aposentou-se, o Chávez é um típico ditadorzinho-latino-americano-anti-americano, que para ser mais típico só faltava ter bigodão. Sobrou o pobre Sadan...
Como se já não bastasse ser condenado à forca, hoje se inicia outro julgamento contra ele, por outros crimes, e é ali, naquele novo julgamento, que eu acho que ele poderia marcar sua passagem pela terra como um grande ditador... Já que está condenado à forca mesmo, não há porque se defender, não é mesmo? Então, ele deveria teatralizar:
-Senhor Sadan Hussein, o senhor é acusado de genocídio. O que tem a dizer em sua defesa?
-Primeiro, é presidente sadan Hussein para vocês. Segundo, quanto à acusação, alego que sou culpado.
-O quê?
-Isso, sou culpado. Matei mesmo, com resquícios de crueldade, gostei, gostei e gostei muito e se pudesse matava mais, matava você, sua mãe e sua filha e cozinhava em óleo quente...- dizia Sadan, com cara de maluco, encarando o juiz, dedo em riste e em altos brados.
-O senhor tem noção do que está dizendo? Será condenado à morte por enforcamento!
-Que se dane a forca! Matei e matei mesmo!
E, se formos pensar, o que sadan tem a temer, uma vez que só tem uma vida e essa já está encomendada? Pensei muito nisso e, se fosse o juiz, eu teria uma saída:
-Então eu condeno você à forca!
-Grande coisa! Entra na fila, meu chapa!
-Eu condeno você à forca, com uma forca de lacinhos rosas e frufru, e que seja enforcado com uma camisa com a foto do George Bush e usando sapatos com pompom!
-Camisa do George Bush pai ou do filho?- já pergunta um reticente Sadan, no que ouve:
-Do filho!
-Não, isso não, mil vezes isso não! –gritava Sadan, enquanto já era carregado à sua cela especial, donde começo a pensar no fato de que sempre há um jeito de tornar piores as coisas nessa vida... Pobre Sadan, tão novinho e com tantos anos pela frente...

4 comentários:

Janinha® disse...

se eu disser q não li o post vc me mata?

HAHAHAHAHAHA
então não digo..

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ceiça Sousa disse...

ACABOU DE SER ENFORCADO

Anônimo disse...

NEM O CAPETA VAI QUERER ESSE LIXO POR LÁ....ASSIM QUE FOR ENFORCADO VÃO METER O PÉ NO SEU RABO E MANDA-LO DE VOLTA PRA CÁ...
NÃO SEI PORQUE PERDERAM TANTO TEMPO ,JULGANDO UM LIXO COMO ESSE..
ESSE TRASTE DEVERIA SER ENTERRADO NO MESMO BURACO QUE O ACHARAM..
ELE NÃO VALIA NEM A CORDA QUE FOI COLOCADA EM SEU SUJO PESCOÇO...FOI UM COVARDE...COVARDE...COVARDE...

Anônimo disse...

bom comeco